Com que roupa eu vou para o trabalho?

Queridas leitoras

Quem nunca ficou horas procurando uma roupa para trabalhar. Aquele look meio sem graça que muitas vezes não sai do preto.

Eu sei é meio complicado quando queremos estar elegantes, bonitas e modernas ao mesmo tempo, abandonado a mesmice.

Eu criei 4 looks para dar uma inspiração para vocês. E além de tudo vou dar uma dica que aprendi em uma palestra que eu assisti. Parece meio estranha, mas eu coloquei em prática e deu super certo. No domingo a noite, separo os looks que vou usar a semana toda baseada na minha agenda de compromissos.

Minha agenda é um tanto quanto atípica, pode mudar toda hora. E o tempo também, voces devem estar pensando. Mas na maioria das vezes a programação dá super certo. Para aquelas que são mais organizadas, vale até deixar as bijuterias separadas junto aos looks.

Lembrem-se um look de trabalho deve respeitar sim algumas regras. A menos que você trabalhe em algo muito peculiar. E olha que acho meu trabalho bem peculiar …hahaha, ainda vale regras tipo comprimento,transparências e decotes. Isso é caretice? Oportunidades para um look mais ousado não me faltaram. E eu amo,ninguém pode negar

look-trabalho-blog-adriana-gobato

look-trabalho-blog-adriana-gobato

look-trabalho-blog-adriana-gobato

look-trabalho-blog-adriana-gobato

look-trabalho-blog-adriana-gobato

look-trabalho-blog-adriana-gobato

Vem Verão …. Delineador colorido para revelar o olhar

Queridas leitoras

Os delineados coloridos vão estar em alta nesse verão.

O olho nem precisa ter sombra, basta fazer um delineado a gosto do fregues , fino ou mais grosso e pronto você vai arrasar.

Para que não fica sem vai ser uma ótima opção para sair desfilando os traços na Street. Vale para o dia e noite e também sua cor preferida.

Eu adoro azul, e vou apostar na cor para os meus dias de verão.

A linha quem disse, Berenice? lançou várias cores. Você encontra nas lojas físicas no valor de 36 reais.

E ai quem vai apostar na tendência?

maquiagem-azul-olhos-1-blog-adriana-gobato

rihanna-make-colorido-blog-adriana-gobato

  • Não foram encontrados os créditos para as fotos

Reclamar ! Alívio para a alma ?

 

Reclamar é uma atitude que temos como hábito. Reclamamos e lamentamos de tantas coisas…

É algo que pouca gente condena e que muitos consideram um alívio para a alma cansada de tantos acontecimentos.

Agora…pensa comigo: quando você reclama ou se lamenta, alguma coisa em você melhora de verdade?

Eu, particularmente, sinto um peso…um pesar…aquele pensamento de que, no fundo eu sei que acabei perdendo meu tempo reclamando. E que nada vai mudar.

MAS PODERIA MUDAR.

Como?

Quando reclamamos ou lamentamos, jogamos nosso olhar para pessoas e acontecimentos sobre os quais temos pouco ou nenhum controle. Pessoas agem por si dentro de seu livre arbítrio e a vida acontece independente de nossos passos.

No entanto, se este momento for usado para pensamentos mais produtivos…ah…a vida pode ser bem diferente, melhor e abundante!

Quando eu, no lugar de reclamar, me pergunto: “Como posso viver bem com isso?” ou “Como posso melhorar isso?”, eu tomo o controle de boa parte do desfecho dos acontecimentos em minhas mãos e aí o resultado fica bem mais próximo do que eu espero, do que eu gostaria.

Reclamar é hábito. Vigie-se, pare quando perceber e substitua por “o que eu posso fazer agora por isso é…”.

Entendeu? Adorei falar isso hoje para você pois tenho certeza que, se você se propuser a essa mudança, seus resultados serão muito, muito bons e sua vida bem mais prazerosa!

Um beijo e até a próxima!

alivio-alma-penamentos-blog-adriana-gobato

 

11880649_1150787684938354_4197416660723140137_n

Priscila Liske é Coach e Palestrante. É formada em Administração Pública pela EAESP-FGV, com especialização em Recursos Humanos e Mediação de Conflitos. Escreve e ensina como as pessoas podem crescer em suas carreiras, as conciliando com suas vidas e, assim, terem uma evolução maior em todos os sentidos.
Priscila Liske – priscila@liskedesenvolvimento.com –

www.liskedesenvolvimento.com

Como escolher a sua peça de roupa ! Detalhes que fazem a diferença.

Queridas leitoras

Quando saio para comprar uma nova peça para compor meu closet eu procuro algumas coisas a mais que um bom preço. É claro que o preço é sempre muito sugestivo na hora da escolha. Mas vou listar aqui alguns fatores que influenciam nas minhas escolhas e porque muitas vezes ainda prefiro uma boa costureira a uma peça pronta.

1- Caimento do tecido: O modelo é lindo, mas você coloca e acha que o problema está com seu corpo.Meninas, não é verdade , quando o tecido não tem o caimento adequado , não tem corpo que de jeito na roupa. Pule fora de tecidos “RUINS”.

2- Textura do tecido:  Alguns tecidos como lã acabam aumentando a silhueta e os muitos finos marcam muito.Então a melhor opção que encontro é sempre usar tecidos mais pesados em casacos, jaquetas e deixar os mais leves para as peças onde não me incomode. Tipo combinações usadas sob alguns looks. Para saias , shorts e calças gosto de texturas de tecidos mais encorpadas.

3- Detalhes:  Chama muito a atenção os detalhes que uma peça pode trazer. Sim uma simples pedraria, ou um detalhe com um tecido de textura diferente é como dar um bônus para meu look. Eu adoro e isso faz uma diferença na hora da escolha de qual peça levar.

4- Se tiver que escolher entre um vestido super descolado e uma peça mais clássica. Sabe quando a verba é para um ou outro? Eu sempre opto pela peça mais clássica e com um corte mais reto. Elas sempre podem se tornar bem descoladas , é só trocar o sapato, os brincos e até mesmo o batom.

5- O corte e a medida certa para cada tipo de roupa: Sim meninas, calça social tem um padrão de corte diferente de um jeans. Então não queiram me convencer que aquela calça justa ficou linda em mim, porque não ficou. Era pra ser soltinha e não uma leg !!!

6- E por último os tecidos tecnológicos como aqueles que fornecem proteção solar e secagem rápida. Sabe aquela estampa linda? Se ela for em um tecido com essa funcionalidade de secagem, você vai te-la sempre colorida.

Bom queridas é isso ! Preço bom é sempre bacana, mas não precisamos levar gato por lebre certo?  Afinal de contas em muitos momentos da nossa vida a qualidade deve falar mais alto que a quantidade. bjs e até o próximo post.

caimento-roupas-blog-adrianagobato

terno2-look-blog-adriana-gobato

look-blog-adriana-gobato

Sabrina Sato errou feio o comprimento do look. O vestido é lindo, mas achatou seu troco.

 

*Não foram encontrados os créditos para as fotos

Seu Tempo

Olá! Hoje quero falar sobre seu tempo.

Tantas e tantas técnicas e estratégias para “ganharmos” ou “salvarmos” tempo. E você? Anda com tempo ou sem tempo?

Eu quero falar sobre o tempo, mas um tempo diferente. Um tempo raro e para o qual ficamos anos sem dar a menor importância: o tempo só para nós mesmas.

Neste tempo, só para você, não há objetivo secundário a não ser fazer-se bem e sentir prazer. Não importa o que você queira fazer com o tempo só para você. Mas ele não tem objetivos úteis, aproveitáveis, otimizados. Ele é para você.

Utilizando este tempo você não pensa se ele emagrece, enriquece ou serve outra pessoa a não ser você mesma. Assim como você já pensou em objetivos e metas para sua vida, já pensou como gostaria de investir em um tempo SÓ PARA VOCÊ?

Ele é essencial e deve ter lugar na sua agenda. Com ele você deve assumir compromisso fechado. Como aqueles dos mais importantes que não adiamos por qualquer outra coisa.

Em que dia da semana você vai dedicar-se a fazer algo que gosta?

Eu, por exemplo, elejo quinta ou sexta à noite. Se eu posso sair, ótimo. Se não posso, faço minha festa em casa mesmo. Agenda fechada, crianças dormindo, computador em modo lazer e, muitas vezes happy hours por Skype com amigas distantes.

Cada um precisa de algo que lhe alimente a alma e o coração. Estar perto de pessoas queridas, ver um filme, praticar uma atividade só por lazer e prazer ou simplesmente FAZER NADA. Sinta como você sai desse tempo e, se ele foi bom, sentirá o coração sorrindo, a alegria e paz presentes.

O benefício está unicamente aí. Alguém que se permite um momento assim, se permite ser melhor e que os outros também sejam.

Permita-se viver de verdade com você mesma.

Priscila Liske – Coach de Carreira

carreira-coach-coaching-blog-adriana-gobato